Estude em 2024. Inscreva-se aqui!

Atitus Logo
AtitusCursosDiferenciaisInovação

Por uma expansão da inovação que impacte nossas vidas*

Publicado em 29/07/2023

*Por Alline Goulart - Diretora de Operações - Semente Negócios

Falar de inovação hoje é fundamental para desenhar o futuro das organizações, mas não só. É necessário entender sobre que tipo de inovação queremos falar, nos interessar e principalmente fazer acontecer. Uma inovação preocupada com o que? Com quais pessoas? Que busca quais resultados? Que pretende gerar o que?

Por que falar de inovação nos dias atuais?

Vivemos em um mundo em constante transformação, com desafios cada vez mais complexos e urgentes. Nesse caso, a inovação desempenha um papel crucial na busca por soluções para problemas reais de diferentes naturezas: mudanças climáticas, escassez de recursos, morosidade processual, desigualdades sociais, disparidade de gênero, desafios de saúde pública, do agronegócio, para citar alguns.

Como respostas a esses desafios, a inovação funciona como um motor para o desenvolvimento. Por meio da inovação, somos capazes de repensar, ou melhor, reinventar sistemas, compreender e re-integrar ecologias existentes. Podemos, assim, encontrar novas maneiras de resolver problemas antigos e explorar oportunidades.

Precisamos de soluções inovadoras para enfrentar diferentes crises em múltiplas áreas, certo? Por exemplo, na área da energia. A inovação é essencial para acelerar a transição para fontes renováveis e reduzir nossa dependência de combustíveis fósseis. Isso causaria impactos diretos no problema da emissão de gases de efeito estufa, por exemplo. Ou no consumo desenfreado da biocapacidade do planeta.

Do mesmo modo, a inovação pode gerar empregos, impulsionar o empreendedorismo e fomentar a criação de novos negócios, indústrias e setores. E isso traz impactos na economia e na competitividade. Tanto que organizações que adotam uma cultura de inovação e investem em pesquisa e desenvolvimento, têm maiores probabilidades de se destacar em seus mercados e prosperar.

Mas onde entra o social e o ambiental no processo de inovação?

Vivemos em um mundo onde a desigualdade, a pobreza, as pandemias, a insegurança alimentar e outros tantos desafios são presentes e ditam o desenvolvimento das nações. Temos visto os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU entrar para a discussão das organizações, assim como o ESG vem pautando a mudança necessária nos indicadores de sustentabilidade e inclusão.

E não é por menos. A humanidade já ultrapassou 7 dos 8 limites planetários (ou seja, do seu espaço seguro para a manutenção da vida no planeta) segundo revisão de uma pesquisa publicada recentemente na revista Nature.

Os objetivos na Agenda 2030, assinada pelo Brasil, incluem, por exemplo, a erradicação da pobreza e da fome, a adoção de medidas para combater a mudança climática, a promoção da educação inclusiva e a igualdade de gênero. Porém, das 169 metas, 54,5% estão em retrocesso; 16% estão estagnadas; 12,4% ameaçadas e 7,7% mostram progresso insuficiente. Ou seja, ainda há muito a ser feito!

A inovação que valoriza a vida, logo, surge como uma abordagem necessária para enfrentar essas questões de maneira efetiva, buscando transformar sistemas e gerar impacto positivo. Ela busca abordar e resolver tais problemáticas de forma criativa e sustentável, colocando a vida no centro das soluções.

Logo, uma das principais razões para falar de inovação, só que de uma forma mais expandida, é a urgência de encontrar soluções inovadoras para os problemas reais que afetam não só as pessoas, mas a vida de todas e todos os seres que habitam o planeta.

Inovação com foco na valorização da vida

A inovação como foco na valorização da vida coloca o impacto no centro das tomadas de decisão. Incentiva, assim, o desenvolvimento de modelos de negócios mais sustentáveis, cooperativos e empreendimentos com impacto social positivo, ligando o sucesso empresarial ao progresso como um todo. Em outros termos, é a geração de valor compartilhado, em que essas iniciativas buscam criar valor não apenas para acionistas, mas para a sociedade como um todo.

Do mesmo modo, a inovação que valoriza a vida reconhece a importância de ouvir as vozes de pessoas de grupos marginalizados, envolvendo-as no processo de criação de soluções. Isso contribui para fortalecer a resiliência de comunidades e empoderar as pessoas, promovendo movimentos de transformação mais inclusivos.

Nesse sentido, ampliar a visão para uma inovação que valoriza a vida pode impulsionar transformações socioambientais profundas, envolvendo diferentes atores e abordando problemas e desafios de diferentes naturezas, de forma colaborativa e eficaz. Essa é uma oportunidade para construir um futuro melhor, em que a dignidade humana, a igualdade e o bem-estar de toda a vida no planeta seja priorizada.

Clique aqui e saiba mais sobre a inovação com foco na valorização da vida.

Nem tudo é problema: a inovação centrada na vida e alguns resultados

Redução da desigualdade social

A Semente executa desde 2019 o VAI TEC – Programa de Valorização de Iniciativas Tecnológicas, gerido pela ADE SAMPA. Sua finalidade é a de estimular e apoiar, por meio de aporte financeiro e de programa de aceleração, o desenvolvimento de empreendimentos inovadores que utilizem tecnologia como parte essencial dos modelos de negócio.

Na última edição, por exemplo, contou com a participação de 79% de pessoas majoritariamente pretas e pardas. Foram entregues 324 horas de assessoria individual para negócios, que aumentaram em 338% seu faturamento.

Por meio de programas e ações ligadas ao Empreendedorismo Periférico, a Semente, junto aos órgãos apoiadores como a ADE SAMPA, investem em melhorias para essas populações, oferecendo formas de se desenvolver e prosperar, a fim de reduzir as desigualdades e tentar reparar essa fratura tão exposta em nossa sociedade. Iniciativas como essa contribuem para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa, diversa e inovadora, enquanto promovem a geração de emprego, renda e prosperidade para todas as pessoas envolvidas.

Redução da insegurança alimentar, da emissão de GEE e a biocapacidade do planeta

Dentre os resultados alcançados por uma fase do Projeto Horizonte estão mais de R$ 70 mil em geração de renda sustentável, 2 mil quilos de resíduos alimentares reaproveitados e mais de 8 toneladas de recicláveis coletados.

Já em organizações que adotaram uma cultura de inovação voltada à valorização da vida, os resultados ultrapassam a elevação do conhecimento em empreendedorismo e inovação. Na Bebecê Calçados, por exemplo, a redução de emissão de CO2 foi possível por meio da ampliação dos conhecimentos, habilidade e atitudes em inovação, que dentro do contexto da organização, auxiliaram as pessoas na resolução de problemas internos – gerando impactos positivos diretos para o meio ambiente e a sociedade.

Ou a Mercur, que inovou em sua tese trazendo a valorização da vida para o centro do seu modelo de negócio, mudando assim sua cadeia, a produção de seus produtos e a forma como se relaciona com as pessoas que fazem parte da indústria e a comunidade que margeia.

Redução da sub-representação de mulheres, em especial mulheres negras, nas organizações

Em 2022, em 11 programas exclusivos para o público feminino, a Semente impactou 2.106 mulheres. Isso correspondeu a 75,8% do público total atendido no ano. A metade deste público impactado foram de pessoas negras, enquanto 5,6% foram de pessoas de grupos LGBTQIA+ e 4,5% de pessoas com deficiência.

Na Semente, a diversidade e a inclusão são indicadores fundamentais para a promoção da inovação que valoriza a vida. Visando ambientes mais inclusivos, é parte fundante de negócios hoje inserir em seus processos pessoas com histórias, identidades e contextos. Dessa forma, criamos aderência com suas vivências e impactamos diferentes dimensões de suas vidas.

Confira outros cases de inovação que valorizam a vida na publicação de impacto da Semente.

A inovação visa resolver diferentes problemas sociais, com a intenção de promover mais equidade e justiça. E ela pode oferecer ainda mais! Diante dos desafios sociais complexos que enfrentamos hoje, trabalhar a inovação que valoriza a vida se torna uma ferramenta-chave.

Olhar para dentro para reverberar para fora. É dessa forma que trazemos coerência ao nosso objetivo de ajudar outras pessoas e empresas a desenhar suas soluções de inovação alinhadas a um impacto social e ambiental positivo. E é assim que convidamos você a fazer parte dessa forma vanguardista de fazer inovação.

Sem Título 2.jpg

FIQUE LIGADO
NA ATITUS

Ao se cadastrar para receber nossos conteúdos, você concorda com os Termos de Uso e Políticas de Privacidade.

Fale com a gente

Contato

51 4004 4818

Contato

© 2024 Atitus Educação.

logo